Translate

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Nomys - A loja


 A   Loja

Tempos de criança ninguem esquece. Ninguem esquece das horas infindaveis jogando bola, correndo atrás de pipa e principalmente de dias inteiro jogando botão (Hoje conhecido garbosamente como futebol de mesa). Talvez eu seja melancolico demais falando que ninguem  se esquece dos tempos de criança, mas eu acho que alguns adultos hoje se esqucecem sim ou fingem se esquecerem e com isso tornan-se adultos chatos, irritantes e profundamente desagradaveis. Eu infelizmente tenho um monte de amigos que se tornaram  assim depois de adultos de ser torarem "hominhos". Eu prefiro morrer do que me tornar um velho desegradavel resmungão e acumulador de bens materiais. Que falta faz os velhos tempos que se foram para muitos, talvez se guardassem com carinho essas recordação se tornassem adultos mais felizes.

Um comentário:

Reviragita Poesia disse...

Você está coberto de razão, Laerçon.
Vivo pedindo aos meus filhos que
me avisem quando eu "ficar velha",
rabujenta... Eu heim? Vai que não
percebo e fico - KKKKKkkk
Aí dá pra se tocar com o toque e
tomar logo uma providência.
Ci