Translate

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Um poema by Cecilia Fidelli

Os sonhos sempre farão parte de nossa vida, serão sempre inspirações para os poetas de todas as épocas.Sonhar não é uma forma de fugir da realidade e sim de fazer com que o sonho e a realidade vivam lado a lado uma da outra, tão próximas que possamos ouvir das duas o pulsar dos corações.
abaixo segue um poema da minha amiga poetisa Cecília fidelli que retrata tão bem esse momento magico. 

As vezes não quero sonhar

As vezes não quero sonhar
Mas parece que em minha vida
essa opção passa longe...
As vezes me ponho a sonhar
Se isso fosse o pior,
mas não é.
Isso é sublime.
Nem sinto falta de nada
O que a vida tem a me oferecer
De real, realmente,
não me deixa legal.
As vezes penso que
me conheço de algum lugar.
De alguma região controlada,
sob hipnose que paralisa
e fornece a munição
para esse delírio.
E eu fico assim
com esse sorriso sem fim.

Um comentário:

Laerçon Blues Man disse...

A Cecilia consegue dizer com facilidade coisas que uma pessoa comum levaria anos para dizer!