Translate

domingo, 28 de outubro de 2012

A volta a velha escola de infancia

Toda época de eleição é a mesma coisa.
A volta a velha escola de infância, o cheiro dos eucaliptos  a entrada o patio, tudo num retorno ao passado de recordações mil.
Uma estranha vibração faz me parar por segundos e num flash back mágico parece que vejo os rostos dos amigos, amigas  a algazarra na hora da saída  o desfile de sorrisos lindos marcas de um tempo de outrora que ficou no coração.
A melancolia, a saudade e a esperança de te ver um dia.

sábado, 27 de outubro de 2012

Eu vi

Hoje sem querer, vi você
Com aquele vestido branco, tão bonito
Com aquele cabelo curtinho, do jeito que eu gosto

(...) Hoje sem querer, vi você
Você também me viu
Mas, eu fingi que não vi você
E você fingiu que não me viu.
(Laerçon J Santos 12.03.1986)

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Alguem tem que ser assim

Por que que sou assim?
Ser único, visceral, metamorfósico
Alegre e triste
Que pouco fala
Que muito pensa
Que muito enxerga, mais mental que fisicamente.
Por que sou assim?
Porque deve ser assim.
Alguém tem que ser assim
Nem sei Por quê
Mas, obrigado por tudo.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Quintas chuvosas

O destino comanda
Ele marca hora, determina momentos e cria emoções.
Ele prepara momentos inusitados
Quintas chuvosas e ruas desertas
Esquinas vazias para nos beijarmos
Ruas desertas para caminharmos de mão dadas
Sem sermos incomodados
O destino da e toma
É ingrato e triste
Ele marca hora, determina momentos
Cria emoções, e nos deixa na saudade