Translate

domingo, 17 de novembro de 2013

Final de ano

Já começa toda a movimentação para as festas de fim de ano. Parece que cada ano que passa tudo se torna mais rápido, o apelo da mídia é incessante e tudo se torna obvio e as vezes sem aquela dose de sentimento que deveria se ter pelo menos nessa época. Sei que posso até parecer romântico demais nessa afirmativa mas é que as coisas acontecem de um modo como se tudo fosse apenas propaganda, algo que realmente não mexe mais com os sentimentos das pessoas. Parece que aquelas festas de famílias, com todos reunidos, onde muitas vezes o brilho e as cores dos presentes tem mais a ver do que o próprio presente se tornou uma mera formalidade de fim de ano. Não estou culpando a família por ter tornado tudo isso um pouco pastoso e obvio, sei que nos tempos atuais terminamos nos ajustando as coisas como elas são, somos hoje como autômatos, fazemos somente parte de uma coisa grande que nem nos mesmos muitas vezes sabemos o que é. As propagandas na mídia começam a bombardear a todos três meses antes do fim de ano numa massificação total, num jogo de empurra isso empurra aquilo e vamos que vamos. Monta-se programas de fim de ano na TV como se tudo fosse maravilhosamente belo e com isso tentam passar um arremedo de espirito cristão na festividade. Eu posso até estar errado, mas vejo que há muitas coisas estranhas no ar, algo que um dia todos nos tomaremos ciência do que realmente esta havendo, enquanto não sabemos vamos prosseguindo juntos apenas observando, e tentando entender.

Nenhum comentário: