Translate

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Velhos antigos


Às vezes eu fico pensando um monte de coisas que parecem ser desconexas, mas na verdade não são. O tempo passa a gente vai ficando mais velho, a paciência às vezes parece sumir, mas vez ou outra ela surge como se surgisse do nada, vale ressaltar que já faz muito tempo que esse negócio de paciência e velhice já não tem mais nada a ver, as problemáticas dos tempos atuais deixaram os velhos da nossa geração já não tão com tanta paciência como tinham os "velhos antigos". Um dia quase perdi a paciência com um antigo amigo que ao me encontrar na rua me perguntou como eu estava e falou dos rock que ouvíamos juntos num passado distante, quando eu disse que ainda continuava ouvindo os mesmos rock ele me disse: "Ainda ta nessa?", confesso que fiquei puto, mas não respondi nada demais, apenas disse que não havia parado de ouvir o que ouvia a 35 anos atrás simplesmente porque não havia mais nada de bom para se ouvir. Compreendi que meu amigo logicamente deve estar em outra, ou virou evangélico ou cresceu e virou "hominho" sei-la o que foi que aconteceu com ele, mas eu estou aqui ainda, tenho meus problemas, mato um leão a cada dia, mas as coisas que gostava de fazer e posso fazer eu ainda faço com todo prazer e curtir meu rockezinho antigo é uma delas, só a paciência que ando perdendo aos poucos mas isso da pra resolver.

Nenhum comentário: