Translate

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Carta Para Afras - enfermidade 5

Eu também!

Merecidas ferias



Trabalhar é obrigação e dever de todos, isso é uma verdade das mais verdadeiras. Vivemos numa sociedade onde quem não trabalha esta a margem de tudo, tudo gira em torno de nossos ganhos, do nosso suado dinheiro extraído do nosso ganha pão.
O trabalho é um dever, pena que não é assim que muita gente pense e com isso criam meios abomináveis de extrair o que ganhamos com nosso cansado trabalho verdadeiro, daí surgem as corrupções as negociatas os negócios de baixo calão, os roubos e tudo vira um lixo só. Essa é a parte podre de tudo, mas nós que não fazemos parte desse time nos orgulhamos de trabalhar honestamente e no decorrer de um ano termos o prazer de gozar de merecidas férias, e esse é o meu caso.

Carta Para Afras - Enfermidade 4

Uma visita assim não tem a mínima condição!?

domingo, 27 de abril de 2014

Carta Para Afras - Enfermidade



Quando a gente fica doente com certeza é um momento péssimo em nossas vidas, tudo bem que quando se trata de doença grave o papo é bem mais complicado com toda certeza, mas aqui nem vou falar de doença grave, mas sim daqueles resfriados fortes ou coisa do tipo que nos deixa acamado em casa mesmo, com dores pelo corpo todo prejudicado.
Bom, a coisa boa é que pelo menos não foi preciso ficar internado que seria um caos total, e sendo apenas uma doença simples logo ela passa só que tem um problema, se acontecer de termos amigos com pensamentos catastróficos a coisa começa a ficar complicada quando esses mesmos amigos começam a nos visitar assim  o que seria uma doencinha mequetrefe passa a tomar outras proporções, e é essa assunto que vamos ver nas historinhas que seguem.



O Pato de Botas - Bíblia 10

Com essa HQ finalizo os episódios da bíblia

A Arte

Não precisa ser um catedrático ou uma pessoa montada em diplomas para sentir tudo de bom que a arte pode nos fornecer. Ja passou o tempo que a arte era considerado algo que existia um abismo entre uma classe social e a outra, ainda bem que isso hoje parece ter mudado um pouco. Muitas pessoas não compreendia a arte como algo de criação espontânea, algo que fugisse um pouco ao contexto normal das coisas e erroneamente acreditava se que somente fosse arte alguma coisa criada  por aqueles que já conhecêssemos como "artista", mas aí é que mora o engano, arte é criação, e todos nós estamos aptos a criar. A arte atingiu através da historia status gigantesco com toda razão, mas a arte não esta somente na grande coisa, a arte está num belo bordado feito por uma dona de casa, um desenho de uma criança, nos escritos que se aperfeiçoam através dos tempos e tudo mais. Existe arte em tudo, resta-nos apenas escolhermos as que nos da prazer.

O Pato de Botas - Bíblia 9



sexta-feira, 25 de abril de 2014

O Pato de Botas - Bíblia 6


Não custa nada a gente dar um sorriso


Não custa nada a gente dar um sorriso, quanto mais quando temos necessidade disso. O que seria do mundo sem o sorriso hein? acho que seria pior do que ja é.
Não custa nada a gente dar um sorriso, o sorriso que nos da ânimo e força para mais um dia de luta, um sorriso que todos deveriam ter, um sorriso a mais na multidão.
Sorriso...um gesto tao simples que nos a tanta satisfação. 
(L.J.S 12.12.1980)

quarta-feira, 23 de abril de 2014

O espírito é eterno

Às vezes sentimos saudade da juventude.
Um amigo me disse que não tem saudade dos seus 15 anos, eu não sei como foram os 15 anos dele, nem do meu eu lembro muito.
Fiquei pensando no que levaria alguém a não ter saudade dessa idade, das coisas que fez que criou que deixou de fazer, que escreveu num caderno velho, que antes era novo.
Às vezes sentimos mesmo, saudade da juventude.
Sei que o espírito é eterno, mas recordações boas dos tempos de outrora nos trás saudades sim. 

O Pato de Botas - Bíblia 3


terça-feira, 22 de abril de 2014

Para nascer novamente

Tem dia que a gente acorda com certa melancolia
Certa saudade de não sei o quê
Uma vontade de fazer algo
Que nunca fizemos
Recordo-me quando criança
Ficava bem cedo a observar o horizonte no fundo do meu velho quintal
Observava o infinito, o céu azul nas alturas dos meus cinco anos.
Sentia melancolia, e uma saudade, que nunca soube do que era
Talvez certa melancolia, certa tristeza
De pessoas que deixei
Para nascer novamente.

O Pato de Botas - Bíblia 2

E agora?

O Pato de botas conversa com a bíblia

O Nosso querido Pato de Botas  como tem a mania de conversar com qualquer coisa, dessa vez  nosso amigo penoso vai conversar com nada mais nada menos que a BÍBLIA, sim, a bíblia esse que é o livro mais lido do mundo e que se falasse realmente teria grandes historias pra contar, mas como não fala na vida real no mundo dos quadrinho isso não é nenhuma barreira. Durante algumas tiras, nosso pato consegue extrair coisas interessantíssimas desse livro, suas alegrias suas tristezas e suas explicações. Essas HQ`s foram feitas no ano de 2010 e trago mais esse flash back para o blog.

Esse papo vai longe

domingo, 20 de abril de 2014

O Pato de Botas - O Cofre

CONCEITOS MORAIS?

As vezes quando ficamos falando de moral da a impressão que somos moralistas e coisa e tal, mas na verdade não se trata disso. O Problema é que nosso mundo está tão carente de moral que as coisas se tornam tão estranhas e insuportáveis que fica muito difícil a gente aceitar as coisas como são. Um amigo meu um dia falou que se a gente começar a achar que tudo o que acontece de imoral e de mal caratismo hoje em dia normal é sinal que tudo está mais perdido do que parece.
Sei que nem eu nem outro alguém vai mudar o mundo nem o jeito como as coisas são feitas, mas como registrar as coisas em forma de "protesto" não faz mal a ninguém a única coisa que faço é criar minhas HQ´s dando umas alfinetadas no estilo humano comum de viver. Essas HQs  do  Pato de botas foram criadas no ano de 2009 e trás um pouco desse protesto enrustido

O Pato de Botas - conversa mole 11


sábado, 19 de abril de 2014

O Pato de Botas - Conversa mole 10


O Pato de Botas - Conversa mole 9

Os humanos também não evoluíram nada em centenas de anos!

19 de Abril dia do índio

hoje em dia o dia 19 de Abril parece não fazer sentido, aliás quase tudo perde o sentido nesse nosso pais. Hoje é dia do  índio, os verdadeiros donos da terras Brasileira. Agora vivendo as margens da sociedade e tendo que mendigar o direito de viver em sua própria terra, vivem como muitos sofrendo a sorte que lhe foi decretada.
Como diz Jorge Ben em uma de suas musicas o índio era proprietário feliz da terra brasilis, pois antigamente todo dia era dia de índio, e hoje só resta o dia 19 de Abril...até quando?

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Um pitaco sobre a Páscoa.

O tempo passa e a gente ve que as coisas ja não tem o mesmo sentido de antes mesmo, estou falando da sexta feira santa. Quando eu era criança essa data tinha uma certa garbosidade, todo mundo comentava, morte de cristo, ninguem podia comer carne, todas essas coisas que ja eram tradição desde muito tempo. Nos dias de hoje isso não faz mais o menor sentido, se tornou uma data como outra qualquer, ainda temos aquela tradição de comer peixe, mais muitos fazem isso somente pelo costume mesmo e nada tem de religiosidade. Eu me lembro que até nos canais de TV passava filmes da crucificação de cristo (coisa que eu não via graça de assistir, pois todo mundo já sabe o final), enfim, tudo mudou com o passar do tempo. Na verdade hoje em dia o pessoal curte mais o dia da Páscoa na intenção de presentear alguém com um ovo e também receber um de presente, é como sempre o comercio tomando conta de tudo e mudando de maneira crucial as nossas tradições.

The Paraibanos de Subúrbio - Bafômetro

Os Paraibanos de Subúrbio sempre deram muito o que falar dentre os meus personagens da era dos fanzines tanto é que o pessoal que não me conhecia pessoalmente pensavam que eu era PUNK, na verdade eu nunca fui punk apesar de ter muitos amigos punks que visitavam minha casa, trocávamos ideias e até saiamos juntos, os verdadeiros ideais punks eu sempre respeitei (hoje as coisas se confundem com a moda). Em meio aos personagens da trupe dos Paraibanos de Subúrbio tem o Pedro Bagre que é o mais subversivo de todos, o verdadeiro Punk 77 como alguns rotulam, é ele que apronta as maiores discórdias e confusão, fuma maconha na cara dura e não ta nem aí. Resgatei essa HQ antiga feita em 2009 para colocar no blog, até dei uma colorizada artificial para incrementar, a narrativa é simples como deve ser e mostra um pouco do preconceito como os punks e outras minorias são tratadas pela policia, e isso é óbvio que não vai mudar nunca.

Figuraça esse Pedro Bagre!!!!

O Pato de Botas - Conversa mole 8

Ô dó!!!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

O Pato de Botas - Conversa mole 7


The Paraibanos de Subúrbio - O Pônei esquisitinho

O Pônei esquisitinho é uma HQ dos paraibanos de subúrbio que eu fiz em 2008 e só saiu em um dos meus fanzines, essa HQ de seis anos atrás ainda mostra um pouco daquela fase até certo ponto raivosa dos personagens com algumas tiradas amorais e com palavrões em determinado momentos. Achei essa HQ quando revirava as coisas antigas minhas, até eu havia esquecido dela e tive que ler de novo pra entender o roteiro, e foi um momento bom de criação meu.
Nessa historia mostramos um arremedo de Mickey do mal fazendo parte do enredo, mas não é difícil encontrar quem use alguns personagens famosos para serem coadjuvantes de ponta em algum trabalho e eu gosto muito de fazer esse tipo de coisa. Tive um pequeno problema na hora de escanear porque os originais não sei porquê estavam meio que borrados, acho que foi o tipo de papel que usei para desenhar, eu tinha o costume de sempre ficar comprando tipos diferente de papel para desenho até encontrar o papel perfeito, o resultado foi que tentei vários tipos de papel e voltei pro velho papél sulfite  mesmo.Com essa historia dou continuidade aos meus flash back de HQ´s.





quarta-feira, 16 de abril de 2014

Carta Para Afras - TV Show

Ainda naquele esquema de que muitas coisas boas só acontecem lá fora e aqui não, vivemos na ilusão de quem sabe um dia as coisas boas politicamente aconteçam por aqui também. Se formos pensar no que a classe política é capaz de fazer de bom para o povo esse pensamento se torna vago demais, pena que nós ainda vivamos muitos atrelados as decisões deles, afinal são eles que fazem as leis que nos coloca aos pés deles, e aí vamos vivendo essa vida atrelado a tudo o que eles decidirem, e como é de praxe, as coisas nunca são a favor do povo até o emprego, que é o minimo que cada pessoa precisa para viver mais ou menos decentemente.
Essa HQ foi feita em 2009, mas é  como se tivesse sido feita hoje, quando se trata de fatos político é tudo eternamente atual. 

O Pato de Botas - Conversa mole 6


terça-feira, 15 de abril de 2014

O Pato de botas - Envelope


No tempo dos fanzines a gente se comunicava muito por cartas, usávamos muito as cartas sociais que hoje o governo tirou de linha, as cartas sociais eram uma mão na roda para quem mandava cartas para o Brasil inteiro o tempo todo devido as atividades fanzineiras. Naquele tempo a internet estava caminhando e o meio melhor de contato eram as cartas que hoje em dia se tornaram quase que obsoletas, só servem mesmo para serem usadas quando temos de mandar alguma coisa dentro dos envelopes como revistas, Zines antigo ou alguns artigos.

Carta Para Afras - TV show

Andei vendo os meus arquivos e vi que tem um monte de HQs que ainda não consegui colocar no blog. Desde que destruíram o meu antigo blog do BOCA SUJA FANZINE, eu fiquei meio perdido com minhas publicações de historias em quadrinho, e não sabia mais as que já havia colocado na internet ou não. Vou começar a colocar uma historinhas antigas que acho que ainda não coloquei na grande rede, umas eu vou colorir artesanalmente com meus lápis de cor e outras vou colocar em preto e branco mesmo no original. As temáticas variam muito de acordo com o momento que foram publicadas e as vezes algumas não terão muito a ver com o contexto atual, a não ser as que falam em política, porque a política no Brasil é a mesma de anos atrás então vai estar sempre atual.  

O Pato de Botas - Conversa mole 5


sexta-feira, 11 de abril de 2014

O Pato de Botas - conversa mole

Conversar com qualquer coisa a qualquer momento parece uma coisa impossível na vida real, mas se tratando do imaginário tudo isso é possível e quando se trata de um Pato de Botas as coisas ficam ainda mais esquisitas. Tudo isso apenas para dizer que mais uma vez nosso bicudo amigo trava um conversa mais ou menos interessante com nada mais nada mesmo que uma lesma, tudo poderia ser até uma coisa comum se não fosse a conversa mole (óbvio) se alongando nos mais variados assunto, e assim nosso personagem segue colhendo informações idéias afins de um mundo que muitas vezes esta mais na nossa mente e no nosso mundo real do que no mundo imaginário que cada vez se funde mais com as diversidades do mundo moderno. Esse serie,  CONVERSA MOLE do pato de botas percorre vários episodio na tentativa de explicar o inexplicável