Translate

quinta-feira, 31 de julho de 2014

O Pato de Botas - Bomba 16

Chega ao final as tiras do  PATO DE BOTAS com a bomba que ele estranhamente encontrou na floresta onde habita. Ao longo desses capítulos, 16 ao todo pudemos nos inteirar do que se passa na "cabeça" de uma bomba e de um Pato. Embora tudo se trate de uma linguagem simples das HQs, assuntos sérios e tristes são narrados de uma maneira até certo ponto irônica. Vivemos em tempos modernos tempos atuais, e isso não significa de forma alguma que a humanidade esta "atualizada" em conceitos morais e respeito mutuo. Nesse caso fica aí mais uma singela critica a respeito do que nós "humanos" fazemos e o que com certeza iremos ainda fazer no decorrer de nossa história, como dizia Renato Russo em uma de suas canções: "A HUMANIDADE É DESUMANA".

terça-feira, 29 de julho de 2014

Estranhas questões

Conceito moral?
O que seria isso no dia de hoje?
Será que existe?
Se existe como é?
Será que estou errado em minhas análises?
Será que estou errado em minhas teorias?
As coisas têm moral hoje em dia?
E os políticos?
E a  população?
Eu… você.
Será que somos vitimas de nos mesmos?
Será que nos enganamos a nós mesmos?
E as musicas heim?
As literaturas… os filmes(…)
Por que bagunçou tudo?
Por que parece estar tudo perdido?
Será que ta tudo certo?
Se for...
Então o errado devo ser eu?
Se for eu…vou tentar me corrigir.

O pato de Botas - Bomba 14


sábado, 19 de julho de 2014

quinta-feira, 17 de julho de 2014

O Pato de Botas - Bomba 4


Me chamam de idiota porque fumo maconha mais chamam de gênio quem inventou a bomba atômica.
Bob Marley



segunda-feira, 14 de julho de 2014

O Pato de Botas - Bomba!

Nessa serie de 16 capítulos nosso amigo bicudo conversa com nada mais nada menos do
que uma bomba, sim, uma bomba que veio não sei de onde e de repente começa a contar sua vida e seus remorsos ao nosso Pato que também não deixa de dar sua picotadas na vida alheia. No decorrer desses capítulos muitas coisas são abordadas e como sempre o ser humano "supremo" a tudo parece ser o único e responsável por todas as mazelas da humanidade e por aí vai.



quinta-feira, 10 de julho de 2014

O grande fiasco do escrete canarinho

Tudo bem, isso aqui não é um blog que fala de futebol, mas eu não poderia deixar de dar o meu pitaco a respeito da catástrofe que acorreu com a seleção Brasileira nessa copa do mundo aqui na nossa terrinha. Esse cacete de 7 a 1 que tomamos da esquadra Alemã vai entrar para a historia, aliás já entrou , e nem que o Brasil ganhe mais dez copas do mundo seguidas esse vexame incomensurável jamais será esquecido. Pensar numa copa do mundo aqui em que nenhum jogo do Brasil foi programado para o Maracanã que é o templo do futebol do país do futebol, já é algo lamentável, a não ser que já estivessem seguros de que escrete canarinho fosse mesmo chegar a final do campeonato que não seria nada demais. Além do cambal que tomamos da Alemanha, algo que não vai acontecer novamente nesse existência ainda temos de encarar a seleção Argentina na final e no Maracanã!!!Não poderia ter acontecido um vexame maior. Tudo isso vem provar que esse copa de 2014 aqui nas terras Brasilis fez o fiasco de cinquenta parecer uma brincadeira de criança, até eu que não sou mais fanático por futebol como era antes consegui ficar irritado, que vergonha, Pura que Pariu!

quarta-feira, 9 de julho de 2014

O Pato de Botas


Nesse bloco mais duas HQs antigas que saíram nos meus antigos fanzines, mostram assim, as primeiras tiras do pato de botas a 13 anos atrás.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

domingo, 6 de julho de 2014

O Pato de Botas

Mais esse flash back em forma de HQ foi feito na época que eu fazia fanzines a cerca de 12 anos atrás com o Pato de Botas. Pode ser notar ainda o palavreado tosco usado na HQ que vale como registro quase que pré histórico.

Areias do tempo

Se mais tempo eu tivesse
virar do avesso iria
se mudar o tempo pudesse
tudo se misturaria
e água, pedras e lama
gelo, areia e chama
uma corrente quebrada
e em tudo virava o nada

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Desafios reais

Existem desafios em quase tudo o que vamos fazer, desde as coisas mais simples até as mais complicadas. Quando os desafios não interferem diretamente em nossas vidas cotidianos se tornam até certo ponto um jogo no qual o desafio é apenas uma diversão, mas quando o desafio não é uma diversão as coisas mudam completamente e toda e excitação do jogo já não faz mais sentido. Num caso desse tipo é até excitante passar por toda problemática sem sabermos se sairemos vencedores ou não, mas o resultado final as vezes não é tão bom e reflete de maneira complicada depois de terminado em tudo o que iremos fazer. Os desafios são bons quando tem um resultado bom, mas quando não tem, os danos são terríveis e difíceis de arrumar depois. A vida real não é tão fácil como dizem, e quem diz que a vida é dura para quem é mole, nunca teve um verdadeiro problema.